19 de setembro de 2013

"Esquenência"

Cresci a ouvir o meu pai usar o termo "esquenência" sempre que eu deixava um bocadinho de comida no prato, daqueles bocadinhos tão poucos que, usando uma expressão popular, mal cabiam na cova de um dente. Desconhecendo que tal palavra não existia, nunca me questionei acerca da sua origem e usava-a esporadicamente para me referir a algo tão diminuto que só havia uma palavra que lhe fazia jus ao tamanho: "esquenência". Só há pouco tempo é que, de facto, me apercebi que a palavra não existia. Nem sei se se trata de algum regionalismo (o mais provável) ou simplesmente de alguma palavra inventada pela necessidade de identificar aquilo que é tão pequeno, mas tão pequeno, que chega a ser ridículo. Na verdade, acho que essa palavra devia constar do dicionário. Ao longo da minha vida sempre encontrei exemplos típicos de esquenências e agora, a entrar (hoje!) no oitavo mês de gravidez (urra!), não encontro melhor termo para designar a minha bexiga, em comparação com tudo o resto. A minha bexiga é uma esquenência e não venha nenhum linguista acusar-me de incorrecção morfológica. Olhem lá bem para o tamanho da bexiga de uma mulher grávida, em cujo corpo tudo aumenta e dilata menos a bexiga, contem as vezes que vamos aflitas para a casa de banho de 20 em 20 minutos como se a bexiga fosse rebentar (e depois só fazemos três pingos), e vejam lá se me arranjam melhor termo! Ah, pois é!


10 comentários:

  1. Olá
    Buscando significado para esta palavra que é bem comum nos registro de óbitos nos idos de 1886 na igreja da minha cidade (Lagarto-Sergipe) fico imaginando se não seria o mesmo que fastio?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calculo que no Brasil possa ter esse significado, sim, mas a verdade é que não faço ideia :)

      Eliminar
  2. esquenencia é uma palavra que eu conhecia através da minha e avó, e só hoje me deparei a procurar o que significa e não encontrei. Porem é usado por nossa família para NODULOS que aparecem em ambas partes inferior do braço quando a garganta esta inflamada. A receita é massagear cada braço na parte inferior, com o polegar da outra mão (claro) na direção da mão para o cotovelo, deve-se passar antes algum creme para ficar deslizante, então se a garganta estiver muita inflamada vai ter muitos nódulos e vai esfregando pausadamente e o detalhe é que tem que ir engolindo a saliva. O certo é que alivia a garganta. Só sei que é assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente isso minha nobre amiga, garganta inflamada é esquenência na linguagem de nossos antepassado..

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. quando digo inferior do braço não é axila e sim o antebraço

    ResponderEliminar
  4. agora descobrir que o certo é Esquinência. e não esquen e ncia

    ResponderEliminar
  5. que significa inflamação da garganta. Então o que minha avó ensinou procede.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Cicli Conegundes, parece-me que esquenência e esquinência, também por terem uma grafia diferente, têm significados diferentes, sendo que uma não invalida a outra, apesar de serem muito provavelmente regionalismos. Como referi no post, cresci a ouvir esta palavra (esquenência com e) da boca do meu pai para se referir a "coisas muito pequenas" (como sugere o link que coloquei). Não faço ideia se o sentido estará correcto, mas a verdade é que, por ter estado tão presente na minha infância, esquenência, para mim, não pode significar outra coisa se não "algo muito pequeno".

      Eliminar